#DICA05 Tipos e Modelos de Chuveiros: Qual o melhor? Entenda as diferenças!

segunda-feira, 5 de novembro de 2018 12:18:06 America/Sao_Paulo
Quem não gosta de chegar em casa e tomar um bom banho, ainda mais quando o dia foi estressante e o cansaço dá às caras. A água relaxa e faz toda a diferença, por isso é preciso ter um bom chuveiro para isso. E você, sabe quais são os tipos e modelos de chuveiros mais comuns? É um adereço essencial e que precisa ser escolhido com cautela e atenção. Para te ajudar, preparamos um tutorial completo com suas características e diferenças!

 
Quando se pensa em chuveiro, não dá para comprar qualquer tipo, tudo porque se trata de uma necessidade que toda pessoa precisa ter em casa, portanto, ninguém merece ter um aparelho ruim, que não funciona e, além disso, com um design péssimo e que não dá conta do recado.
Pense que, pelo menos uma vez ao dia, você precisará usar o chuveiro, portanto, nada de pensar em soluções pouco convencionais, baratas demais e que não combinam com a estrutura da sua casa. Não precisa ser técnico para avaliar, mas é necessário conhecer cada modelo e quais suas características fundamentais.
Uma boa ducha, seja quente ou gelada, é primordial para avaliar a qualidade de um chuveiro, afinal, ninguém quer passar perrengue na hora do banho, não é? 
Diferenças entre os modelos de chuveiro

Para quem pensa que é preciso gastar muito ou investir em modelos de chuveiros ultra modernos, está muito enganado. É claro que quanto mais caro, as funções são aperfeiçoadas, mas esse não é o único fator a considerar na hora da escolha. Mas, então, como escolher o chuveiro certo para mim? Conheça e entenda as diferenças!Tipos e Modelos de Chuveiros: Qual o melhor? Entenda as diferenças! 
1.Chuveiro elétrico/comum
O chuveiro elétrico é aquele que conhecemos, o mais popular e tradicional em praticamente toda casa. A facilidade na instalação faz desse o principal dos modelos de chuveiro à venda no mercado. É prático, apenas precisa ser fixado em um cano ou diretamente na parede por meio de um ponto de energia.

O problema, porém, é que ele pode ser ineficiente em alguns casos, por isso é preciso verificar sempre a eficiência do aparelho. Outro agravante é quando falta luz em casa, o que obriga os usuários a tomarem banhos frios, bem como a utilização frequente, que aumenta o consumo de energia em níveis preocupantes.
Porém, como tudo vai se modificando e modernizando com o tempo, foram desenvolvidos dois tipos a partir do chuveiro comum, o multitemperatura e o eletrônico:

2.Chuveiro multitemperatura
Provavelmente, você já teve ou deve ter um desses na sua casa. O modelo multitemperatura é que aquele que pode ser ajustado facilmente, mas para isso é preciso desligar o aparelho para mudar a temperatura da água. Geralmente, vem nas três funções principais: morno, quente e frio; ou então verão ou inverno.


Este é um dos modelos de chuveiros ideal para residências com caixa d’água que tenha uma ótima pressão de água, para evitar problemas como o famoso ‘chuveiro com ar’. 
3.Chuveiro eletrônico
Já o chuveiro eletrônico é um conceito moderno que permite regular o aquecimento gradualmente sem precisar desligar, deixando a água no clima perfeito pra um ótimo banho. São muitas opções além do multitemperatura, o que permite uma versatilidade incrível. Esse modelo tem sido um dos mais vendidos atualmente, com boa disponibilidade e preço no mercado.

4.Chuveiro pressurizado
O chuveiro pressurizado, como o próprio nome indica, é desenvolvido para aumentar a pressão da água, indicado para casas térreas que possuem a caixa d’água muito próxima ao aparelho. A potência muda conforme o modelo, porém, em todos os casos é preciso ficar atento para não gastar muita água. Lembre-se que é um ciclo: maior pressão = mais água = mais gasto = maior valor na conta de água e energia elétrica.

"Uma alternativa interessante e que ajuda a economizar é o chuveiro pressurizado eletrônico, que permite o ajuste tanto da temperatura quanto da pressão da água. Ótimo, não é?"

5.Chuveiro híbrido
O chuveiro híbrido oferece uma opção interessante além da tradicional. Conhecido também como flex, quando é ligado, funciona como um chuveiro elétrico, porém, quando a água chega na temperatura ideal, a resistência é desligada e o aquecimento passa a ser feito por meio solar ou a gás. Para isso, basta deixar essa função ativada, o que representa uma grande economia.


Com a popularização da energia solar, esse deve ser um dos modelos de chuveiros do futuro, proporcionando uma otimização dos recursos de água e eletricidade, o que fará o valor das contas reduzir drasticamente, até 40%, revelam especialistas. 
6.Ducha 
Ducha e chuveiro não é a mesma coisa? Não! Há diferenças. Na ducha, a pressão da água e maior, cai de maneira inclinada e mais intensa. São comuns em áreas externas, mas servem também para seu banheiro, desde que seja feito um bom projeto (a ducha precisa ter uma distância ideal entre a caixa d’água).


 
Modelos de chuveiros mais econômicos
Desses modelos de chuveiros, qual é o mais econômico? Bom, cada um tem seus pontos fortes. Enquanto o modelo tradicional elétrico pode gerar um aumento na conta de energia com o uso frequente, outros tipos (como o pressurizado) aumentam a pressão da água e geram maior gasto nesse quesito. Por isso, ambos devem ser usados com bom senso e visando sempre a economia.
Tanto por isso, muitos profissionais revelam que o chuveiro híbrido é uma alternativa que deve crescer muito por usar energia renovável. Testes indicam que você gasta até 40% a menos que os outros modelos de chuveiro. Vale a pena apostar e ter um desses na sua casa!

Modelos de chuveiros modernos são tendência por fatores como economia e eficiência