#DICA09 Modelos de telhados: guia completo para a cobertura da casa parte 01

segunda-feira, 5 de novembro de 2018 16:27:59 America/Sao_Paulo
Você conhece os modelos de telhados? Essa parece uma pergunta fácil, mas se você parar para pensar um pouquinho vai notar que há uma boa complexidade nisso. Afinal os modelos de telhados reúnem várias características, como quedas d’água, aparente ou não e até tipos de telhas.
Saber escolher qual o melhor tipo de telhado para um projeto não é uma tarefa fácil; por isso hoje o post é totalmente destinado a quem está pensando na cobertura da casa, com dicas essenciais para conversar com os profissionais da área civil e juntos escolherem a melhor opção para a cobertura de acordo com seu tipo de projeto.

 
Características de um telhado – nomenclaturas

 - Tesoura: é a base do telhado, suportando toda e estrutura e sendo base para a cobertura. A tesoura é caracterizada por um desenho de triângulo.
- Terças: ficam ligadas à tesoura e ajudam na sustentação das ripas e que vão segurar as telhas.
- Ripas: estrutura que fica na orientação horizontal e que sustenta o telhado que fica sobreposto nessa parte.
- Caibros: estrutura vertical que sustenta as ripas, e segura o peso da estrutura junto das terças e tesoura.
- Empena ou oitão: parte lateral onde se apoia a cumeeira e cria a altura entre telhado e forro.
- Água: característica que classifica o tipo de telhado (meia, duas, três águas, etc), e tem a função e inclinação adequada para escoar a água.
- Água furtada: é onde acontece o encontro das águas que escorrem das partes de um telhado, e bem conhecido como calha.
- Cumeeira: é uma aresta na parte mais alta do telhado e que é caracterizada pelo encontro dos telhados e suas divisões de águas.
- Espigão: bem parecido com a cumeeira, é a parte em que divide as águas do telhado. A diferença do espigão é que esse fica inclinado, enquanto a cumeeira fica na horizontal.  
- Beiral: é a parte que vai além das paredes da casa, criando uma espécie de “puxadinho” do telhado, protegendo que a água da cobertura não escorra diretamente pelas paredes com janelas e portas.
- Testeira: é o acabamento do telhado, fica posicionado abaixo das telhas e fica visível exatamente para esconder o restante da estrutura, como caibros e vigas.

Modelos de Telhados Conforme o Caimento e Formato
Embutido/ Platibanda

O telhado embutido tem se tornado o queridinho dos projetos atuais. A opção além de ser esteticamente linda, ainda é muito valorizada nos projetos por exigir menos madeiramento que projetos de telhados aparentes.

Há duas opções para os projetos de casas sem telhado/ embutido – com placas pré-moldadas para a cobertura e telhas, sendo que a última exige a calha para escoamento da água.
O estilo dos telhados embutidos é com menos inclinação e permite o uso de telhas mais simples também, já que essas ficaram escondidas pela platibanda, que é uma pequena parede que vai além do telhado e o esconde.
A porta branca combina com e entrada da casa
 

 
Aparente uma água (meia água)
O modelo de telhado meia água é o mais simples, e entre os modelos de telhados aparentes é também o mais barato, já que exige menos estrutura para sustentação.

Esse tipo de cobertura costuma ser apoiado sobre oitões laterais e torna-se ideal para casas pequenas, como edículas, já que dispensam várias inclinações e pontos de quedas d’água.

Na frente da casa, pequena varanda
 
A piscina tem pequeno jardim ao lado
Duas águas
O telhado duas águas ou duas quedas, como também é chamado, é um dos mais conhecidos e tradicionais. O modelo pode ser dividido ao meio pela cumeeira ou ter uma das laterais maiores.
Para o telhado duas águas, há duas opções de modelos:

1 - Tipo cangalha: a cumeeira é o encontro entre as duas partes do telhado.
2 - Tipo americano: uma das partes do telhado é mais alta por conta de uma elevação, que pode ser feita com madeiramento ou uma parede de alvenaria.
As paredes de vidro deixam a casa moderna
 
SMXLL
 
Aparente três águas

O telhado de três água é uma formação triangular e um pouco mais complexa que o modelo anterior (duas águas).
Esse tipo de cobertura é uma ótima opção para casas maiores e que exigem maior escoamento da água da chuva, já que os três pontos de inclinação criam escoamento mais rápido da água.
SLXLM
A característica desse tipo de telhado é uma cumeeira central e dois espigões que formam o triângulo, geralmente direcionado para a frente da casa.
Ao fundo da casa, uma piscina.
 
Na frente da casa, pergolado de madeira .
 

 
Quatro águas
O telhado quatro águas é tão conhecido como a versão de duas águas, e mesmo sendo uma opção mais comum ainda é muito utilizado em projetos atuais por conta de sua versatilidade e rápido escoamento de água.

O modelo que se adequá muito bem a projetos de casas quadradas ou retangulares é versátil pois pode ser usado de duas maneiras:
SLXLM
1 Cobertura aparente: as quatro quedas do telhado ficam aparentes no projeto.
2 Escondido: a estrutura com 4 águas é com feita com inclinação menor e uma parede mais alta (platibanda) esconde a cobertura.
O jardim decora a frente da casa
 

 
Aparente L

O telhado em L costuma ser uma excelente opção para casas pequenas e construídas próximas a muro, aproveitando o paredão para puxar a estrutura do telhado.

A construção desse tipo de telhado costuma exigir água furtada para o escoamento da água sobre a cobertura, que pode ser com meia queda ou três quedas.
A piscina fica ao centro da edícula
 

O modelo L implica também no formato da casa, que deve seguir o mesmo estilo.
Sobreposto (telhado sobre telhado)
O telhado sobreposto é um queridinho dos telhados aparentes. O formato implica em diferentes alturas de telhados que se sobrepõem e criam níveis diferentes para a cobertura.
Ao utilizar o telhado sobre telhado não há uma regra de quantas e quais tipos de quedas d’água usar, o que é muito versátil, já que permite mesclar vários tipos de inclinações e deixar o projeto moderno.
A única desvantagem desse tipo de telhado é em relação ao custo, já que exige mais madeiramento e isso implica em um preço final mais elevado.
A garagem aproveita o declive do terreno
 
A pintura externa da casa é um amarelo claro
 
Coqueiros decoram o jardim
 

 
Borboleta / Invertido
Se você quer um telhado aparente diferente das versões tradicionais, uma excelente opção é o modelo chamado de borboleta ou invertido. O estilo da inclinação é ao contrário das versões anteriores, e as quedas são inclinadas para a parte central da cobertura.
SLXLM
Entre os modelos de telhados essa versão é mais indicada para regiões com menor índice pluviométrico, já que sua drenagem é mais lenta, e isso exige mão-de-obra qualificada para o projeto, evitando o acúmulo de água na cobertura.
No pavimento superior, amplas portas dão para a sacada
 
A fachada é um mix de madeira e pedras decorativas
 
Japonês / Pagode
Com certeza você já se deparou com modelos de telhados ao estilo oriental, com suas pontas em curvas ascendentes. Esse tipo de cobertura é chamado de telhado japonês, exatamente pela inspiração nos projetos arquitetônicos do Japão, ou telhado pagode.
Esse tipo de cobertura possui bastante inclinação em seu topo e nas pontas há uma curvatura.